Avanço do Polímeros na Medicina: Das matérias-primas aos equipamentos: Medical Moulding & Extrusion

Applied Market Information Ltd.

A Applied Market Information Ltd. convida a indústria do plástico para um fórum de discussões sobre os desenvolvimentos e avanços empreendidos no uso dos polímeros na medicina – das matérias-primas aos equipamentos de processo.

Trata-se da terceira edição da Medical Moulding & Extrusion 2008 – conferência internacional sobre dispositivos médicos, agendada para 17 e 18 de junho em Colônia, na Alemanha.

Na visão do gerente da Applied, dr. Sally Humphreys, os termoplásticos de alto desempenho e os materiais elastoméricos constituem instrumentos importantes na indústria de componentes médicos.

Segundo suas informações, a Medical Device Innovations, uma nova empresa do Reino Unido, desenvolve um trabalho diferenciado atuando como intermediária entre os clínicos e os fabricantes de dispositivos médicos, captando as idéias e transformando-as em projetos.

Nesse contexto, Humphreys menciona o trabalho encampado por bioengenheiros como Hamid Rassoulian, do Southampton Hospital, responsável pelo desenvolvimento e teste de projetos na área.

Destaca também os esforços empreendidos pela Balda Medical em relação a instrumentos e embalagens médicas, e também da Medical Device Testing (MDT), que dispõe de diversos tipos de ensaios.

Quanto à oferta de polímeros grau médico, o gerente lembra a existência de produtores renomados como DuPont Engineering Polymers, Basf, LyondellBasell, Ineos Polyolefins, Momentive Performance Materials, Sabic Innovative Plastics (que, no ano passado, adquiriu, da GE, a divisão GE Plastics), e a Teijin, que desenvolveu em aramida um componente dos cateteres empregados na angioplastia, permitindo substituir o aço nessa aplicação.

Os cuidados na produção de peças destinadas ao ambiente médico envolvem também os equipamentos de processo.

Entre os fabricantes de máquinas com projetos específicos para o segmento médico, o gerente da Applied cita o sistema de moldagem por injeção da Husky; destaca o estado da arte ofertado pela IKV, como o processamento de polímeros com antibióticos incorporados, usados, por exemplo, em implantes ósseos.

A moldagem por microinjeção consiste num importante tópico para a indústria de componentes plásticos médicos.

A Cardiff University tem conduzido testes sobre o comportamento de diversos polímeros injetados e a Waldorf-Technik se dedica aos sistemas de automação.

No segmento de aditivos, a RTP desenvolveu compostos antiestáticos para aparelhos de inalação, facilitando a passagem do medicamento.

A Clariant contribui com uma variedade de masterbatches biocompatíveis. A Wittenburg dispõe de uma diversidade de grades médicos de compostos elastoméricos.

No campo de estudos, o Dr. Rainer Otter conduz pesquisas quanto ao aspecto toxicológico dos aditivos, fator crítico na seleção dos mesmos.

Renomado especialista em plastificantes, incluindo os ftalatos, o professor Jim Courtney tem desenvolvido testes sobre os compostos de PVC de contato com sangue.

A fim de evitar as controvérsias que envolvem o policloreto de vinila, a Tekni-Plex criou para as bolsas um filme co-extrudado.

Os dois dias do Medical Moulding & Extrusion representam para os profissionais do ramo do plástico, da saúde, e pesquisadores oportunidade ímpar de embarcar em uma fantástica viagem pelo universo do corpo humano e de descobrir as maravilhas que o mundo do plástico podem fazer para salvar vidas e oferecer maior conforto à máquina humana.

logoplastico

Leia Mais Sobre o Plástico na Medicina:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios