Automação: Tecnologias ampliam produtividade

Tecnologias ampliam produtividade e estão ao alcance de todos

 

Robôs – Automação

Quem também comemora o interesse da indústria do plástico em automação são os fabricantes de robôs.

É o caso da japonesa StarSeiki, especializada na produção de modelos cartesianos para injetoras e com escritório próprio de vendas no Brasil.

“O ano passado e os dois primeiros meses de 2020 foram muito bons, superaram as nossas metas. Em março a pandemia reduziu as vendas, mas a partir de julho iniciamos um período de recuperação, voltamos ao patamar desejado”, diz Márcio Morioka, gerente de vendas.

Para ele, a procura dos clientes visa, de maneira preferencial, substituir a mão de obra humana em determinadas operações.

“Os robôs se encontram a preços mais amigáveis. Não passa de um ano a amortização do investimento e eles apresentam durabilidade em torno de dez anos, o que resulta em nove anos de retorno para o comprador”.

Plástico Moderno - Automação: Tecnologias ampliam produtividade e estão ao alcance de todos ©QD Foto: Divulgação
Silva: robôs evoluem e se tornam essenciais para elevar a qualidade da produção

A empresa possui portfólio amplo de modelos.

Os mais procurados são os para retirada de peças dos moldes de injeção.

A utilização em sistemas de embalagens de in mold label, a colocação de insertos em peças a serem injetadas e o corte dos galhos e rebarbas de peças prontas são alguns outros usos comuns.

Uma das novidades recentes da empresa foi o lançamento mundial de um robô que se comunica com as redes de computador prestando informações sobre o planejamento da produção e outros tópicos.

Ele foi projetado visando facilitar a adaptação à indústria 4.0.

“Os robôs são projetados para melhorar a eficiência, estabilizar o processo e aprimorar o fluxo de trabalho.

São cada vez mais essenciais para atingir o nível de qualidade esperado por uma indústria do plástico muito exigente”, resume Oscar da Silva, diretor da fabricante de robôs francesa Sepro.

Ele enfatiza que os robôs estão em constante evolução e agora podem ser usados em todo o processo de produção por injeção, desde a retirada das peças injetadas à montagem, inspeção, rastreabilidade e embalagem.

Silva informa que a venda de robôs no Brasil aumentou nesses últimos anos, mas a demanda para processos mais automatizados ainda é pequena.

Plástico Moderno - Automação: Tecnologias ampliam produtividade e estão ao alcance de todos ©QD Foto: Divulgação
Robôs evoluem e se tornam essenciais para elevar a qualidade da produção ©QD Foto: Divulgação

Para ele, os empresários brasileiros ainda preferem adquirir os modelos mais simples, voltados para retirar as peças das máquinas, do que investir em projetos mais completos e rentáveis.

Dentro da linha bastante completa de modelos que oferece, uma das novidades da empresa é a nova família Success X, lançada na última feira K e que estará disponível no Brasil no primeiro trimestre de 2021.

“Ela combina uma plataforma remodelada do modelo cartesiano Success de três eixos com dupla rotação servo motorizada de dois eixos e é indicada para injetoras de 20 a 700 toneladas de força de fechamento e tem preços mais atrativos que outros modelos do gênero”.

Além dos robôs, a Sepro propõe uma gama de serviços digitais dedicados à otimização da produção, casos do recurso de suporte on-line desenvolvido para reduzir o tempo de inatividade do robô e da ferramenta projetada para obter tempos de ciclo mais eficientes.

“Também encorajamos interações constantes entre clientes e especialistas.

Esse é o objetivo do Showroom Virtual, disponível on-line, onde os clientes podem discutir com nossas equipes ‘ao vivo’ seus próximos projetos”.

Leia Mais sobre Automação:

Página anterior 1 2 3 4

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios