Aditivos para Embalagens Flexíveis podem Agregar Mais Sustentabilidade: Economia Circular

Aumento na Produção de Aditivos no Brasil em 2020

Aditivos também podem agregar mais sustentabilidade às embalagens flexíveis, como acontece com o UltraGuard 1002, da Milliken, que ao conferir ao PE barreira contra umidade e gordura permite eliminar camadas metalizadas e outros materiais.

“Dependendo da estrutura, ele eleva em até 60% a barreira à umidade do PE”, comenta Márcio Biaso, gerente sênior de contas da Milliken.

Lançado há cerca de três anos, o UltraGuard 1002 já é utilizado em embalagens de cereais e alimentos secos, como amendoim e castanhas; por conferir barreira também à gordura, também entra nas embalagens de pet food.

Plástico Moderno - Sustentabilidade agregada através dos aditivos nas embalagens
Márcio Biaso, gerente sênior de contas da Milliken

“Ele pode ainda ajudar a reduzir a espessura de uma embalagem de PE, sem perda das propriedades de barreira. E não interfere nas propriedades do PE, permitindo que ele seja reciclado normalmente”, afirma Biaso.

A Basf disponibiliza produtos que, por terem base em água, podem reduzir os impactos ambientais de embalagens flexíveis.

Caso da linha de adesivos de laminação Epotal – disponível também na versão compostável Epotal ECO – e da linha Joncryl FLX de emulsões poliméricas para tintas de impressão, recentemente enriquecida com grades nos quais há insumos de origem renovável.

Plástico Moderno - Sustentabilidade agregada através dos aditivos nas embalagens
Nathália de Toledo Pinto, analista de marketing sênior de dispersões, resinas e aditivos da Basf

“O desempenho da linha de resinas Joncryl FLX, para impressão em filmes, é semelhante ao das tecnologias à base de solvente utilizadas no processo de impressão e conversão de embalagens flexíveis”, garante Nathália de Toledo Pinto, analista de marketing sênior de dispersões, resinas e aditivos da Basf.

No portfolio de produtos base água da companhia há ainda a linha de vernizes termoselantes Joncryl HSL para embalagens de BOPP, papel /PET, PET/alumínio, entre outras.

“Uma das grandes vantagens dessa linha de vernizes termoselantes é a substituição de PE extrudado para selar a embalagem, melhorando a reciclabilidade das estruturas”, destaca Nathália.

Mas conforme lembra Carvalho, da Dow, a eficiência na conservação de alimentos pode exigir embalagens que combinem polímeros, como PE e PA, ou PE e EVOH; para compatibilizar essas diferentes resinas na reciclagem, a Dow disponibiliza os compatibilizantes Retain.

“Eles tanto podem ser incorporados na embalagem quanto adicionados na reciclagem. A primeira opção é a ideal”, ressalta Carvalho.

A Embalagem Flexível no Brasil

Em 2020,

a produção dessa indústria no Brasil somou 2.088 milhões de toneladas, alta de 5,4% sobre 2019, com um consumo per capita de 9,7 kg/habitante. O faturamento atingiu R$ 27,7 bilhões.

No Período,

o principal mercado seguiu sendo a indústria de alimentos que consumiu 826 mil t; vêm a seguir as aplicações industriais, com 371 mil t; descartáveis (239 mil t); bebidas (200 mil t); agropecuária (172 mil t); higiene pessoal (101 mil t); limpeza doméstica (101 mil t); pet food (45 mil t); outros (32 mil t).

No Ranking por Tipo de Aplicação,

a liderança ficou com as embalagens multicamadas, com 693 mil t. Na sequência, vêm: monocamadas, 602 mil t; shrink, 279 mil t; sacolas e sacos, 238 mil t; stretch, 216 mil t; outros, 60 mil t.

Com um Total de 1.535 Mil t,

PEBD e PEBDL foram as resinas mais usadas em 2020 pela indústria de flexíveis. Em seguida, aparecem o PP, com 324 mil t e o PEAD, com 229 mil t.

Reportagem sobre Embalagens Plásticas Flexíveis dividida em partes, acesse por partes:

  1. Embalagem Plástica flexível fica mais Reciclável e evolui para Facilitar a Reciclagem – Parte I: Economia Circular.

  2. Só Polietileno nas embalagens, se possível: Reciclagem de Embalagens – Parte II: Economia Circular

  3. Provedora de soluções de poliéster oferece versões biodegradáveis: Embalagem Flexível – Parte III: Economia Circular

 

Leia mais sobre Embalagens Plásticas Flexíveis e assuntos relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios