A Sinergia entre o Público e o Privado – Simplás

O ser humano no decorrer de sua existência buscou e continua desenvolvendo meios para viver mais e melhor.

Neste contexto, nós, pessoas, transformamos matérias-primas em materiais, dominamos a energia, ultrapassamos o espaço terrestre, vivemos em um mundo ultraconectado, desafiamos a produtividade, sempre buscando e preenchendo os desejos e a vontade humana.

Tudo isso foi possível graças à nossa organização social “pública e privada”, através de legislações, constituições, leis e outras formas de convivência humana.

Nossos avanços são conscientizados sempre com o envolvimento de políticas públicas e com as mudanças de comportamentos das pessoas.

Mais recentemente, podemos destacar como exemplos de sucesso, ou caminho para este, o uso do cinto de segurança, o álcool vs. o volante, a desaceleração do fumo, o combate às drogas e tantos outros.

São exemplos marcantes que, quando há legislação pública severa, a sociedade muda e passa a viver com novos valores sociais.

A Sinergia entre o Público e o Privado - Simplás ©QD Foto: iStockPhoto
Orlando Marin é presidente do Simplás

Já passamos da hora no que tange o problema ambiental e de sustentabilidade do nosso planeta. Querer achar que o PNRS – Programa Nacional de Resíduos Sólidos vai resolver essa situação é uma grande utopia.

Além de uma obrigação, é imperativo que os municípios brasileiros entrem nessa luta e assumam suas responsabilidades com as legislações específicas voltadas a mudar os velhos acomodados costumes de nossas cidades. Simplesmente recolher “lixos” e jogar tudo em uma vala única não é mais o caminho.

É necessário que os poderes municipais adotem legislações que obriguem o cidadão a utilizar de forma consciente, separar e limpar os resíduos, ainda dentro de casa, do condomínio ou da entidade e que sejam conduzidos para a sua correta reciclagem e reaproveitamento.

Nossa sinergia entre o público e o privado poderia ser infinitamente maior, tendo como consequência um país e um mundo muito melhor.

Orlando Marin é presidente do Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho – Simplás

A Sinergia entre o Público e o Privado - Simplás ©QD Foto: iStockPhoto

Simplás

A necessidade de troca de informações técnicas e de mercado impulsionaram a criação, em 24 de agosto de 1989, do Simplás – Sindicato das Indústrias de Material Plástico do Nordeste Gaúcho.

Atualmente, a entidade está instalada em sede própria, localizada junto a Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul, representando mais de 430 empresas, de 8 municípios da região, responsáveis por aproximadamente 11 mil empregos diretos.

Desde a criação do Simplás, a região presenciou exuberante desenvolvimento industrial, tendo se tornado o principal pólo plástico do Estado e um dos mais destacados do país.

Durante todos esses anos, o Sindicato tem focado sempre o crescimento da indústria de terceira geração, não medindo esforços para proporcionar aos associados qualificação técnica e bons indicadores de negócios, bem como tem sido porta-voz, junto ao poder público, das reivindicações da categoria econômica que representa.

Mais informações: https://www.simplas.com.br/home

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios