Sem categoria

NPE 2012 – Em novo local, a tradicional mostra festeja crescimento

Plastico Moderno
8 de outubro de 2012
    -(reset)+

    A extrusora conversível é outra novidade, primariamente utilizada em filmes do tipo balão, desenhada para uma mudança rápida e simples de produção. Já a extrusora modular tem uma variedade de canhões, de ½ a 5 polegadas de diâmetro. A microextrusora também faz parte dos equipamentos que serão apresentados, sendo especialmente projetada para aplicações médicas como a produção de microtubos.

    Amsler
    O destaque da companhia serão as máquinas de moldagem do tipo RHB (reheat stretch-blow) e os equipamentos auxiliares para garrafas PET. A Amsler vai detalhar o seu sistema eficiente de hastes de estiramento para máquinas RHB e apresentar ainda o novo testador de vazamento, que expande sua linha de equipamentos para inspeção de qualidade. A máquina conversível L32 também será mostrada no estande: a unidade é totalmente elétrica e foi projetada para atender moldadores de PET de pequeno a médio tamanho, sendo que o equipamento pode operar com um, dois ou três moldes.

    Arburg 
    A eficiência na produção de peças moldadas é o foco da empresa na feira, principalmente redução de custos unitários com eficiência de energia, produção otimizada e tempos de ciclo melhorados. A série de máquinas elétricas Edrive ganha espaço, cobrindo uma capacidade de força de fechamento de 600 a 2000 kN. Os equipamentos são primariamente projetados para produção eficiente de peças padronizadas como peças técnicas.

    Battenfeld-Cincinnati 
    O foco da empresa na feira serão as extrusoras que cobrem uma série de aplicações para tubos e perfis. Uma das linhas é a soIEX, indicada para o processamento de alto desempenho de tubos de PEAD e PP. Outra linha a ser apresentada é a twinEX, de roscas duplas paralelas, equipamentos que requerem pelo menos 15% a menos de energia em comparação com máquinas similares. Uma terceira linha é formada pelas extrusoras de roscas simples uniEX, com quatro modelos, também representados na NPE.

    Braskem
    A megafabricante brasileira de resinas commodities debuta na NPE, com sua primeira aparição nos Estados Unidos, desde sua entrada no mercado norte-americano. O foco de participação na feira é consolidar a sua posição de líder na produção de resinas termoplásticas nas Américas, fortalecer o relacionamento com clientes e reforçar sua marca. Em seu estande exibirá todo o seu portfólio de produtos e mostrará sua capacidade produtiva, englobando fábricas no Brasil, Estados Unidos e Alemanha. Os destaques ficarão por conta do portfólio norte-americano de polipropileno, dos biopolímeros – seus plásticos fabricados com eteno derivado de etanol da cana-de-açúcar –, e o projeto Etileno XXI, no México.

    CMD 
    A projetista de maquinário rotatório para produção de embalagens vai apresentar uma nova máquina e um novo sistema de ventilação, que oferecem à indústria convertedora as vantagens da selagem de movimento contínuo a um preço econômico. Trata-se da 0864GBW Global Bag Machine. Segundo a CMD, a tecnologia é fácil de operar, tem poucos requerimentos de manutenção e grande produtividade. Com a tecnologia de movimento contínuo, o novo modelo de máquina e o seu sistema de ventilação atendem a uma janela de processamento mais ampla que as máquinas produtoras de embalagens que usam o movimento tradicional, intermitente ou shuttle style. A facilidade de mudança é conseguida com o uso de um projeto de tambor selado que permite uma conversão rápida a cada tarefa. A operação também é facilitada pela tela touch screen, com símbolos universalmente conhecidos, reduzindo o índice de erros e melhorando o controle de processo. Outro lançamento da CMD é a 1270GDS Global Drawtape Bagmaking, com velocidade de 600 metros por minuto, especialmente projetada para fabricação de embalagens de lixo do tipo drawtape.

    CMT 
    O foco da CMT serão as tecnologias e técnicas que permitem que os termoformadores reduzam a espessura de folhas quando estiverem formando materiais de bitola pesada. Adicionalmente, a companhia vai mostrar novas ferramentas que reduzem o tempo de processamento das espumas sintáticas Hytac. Também será mostrada a nova formulação do Hyvac, material para fixação rápida. A empresa pretende apresentar novas maneiras de usar os materiais de espuma sintática para reduzir o tempo de inicialização, ter ciclos mais rápidos e diminuir a temperatura ou o tempo de aquecimento, o que redunda em ganhos significativos.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *