Notícias

8 de junho de 2014

Recicladora de PET aposta em tecnologia baseada em sensor

Mais artigos por »
Publicado por: Maria Aparecida de Sino Reto
+(reset)-
Compartilhe esta página

    A empresa espanhola Pet Compañía para su Reciclado, pertencente ao grupo italiano Dentis, comemora os resultados alcançados com a modernização e a ampliação da sua fábrica de revalorização de PET, após a instalação de nove equipamentos Titech autosort 4, tecnologia de separação por sensores da Tomra Sorting, empresa da Tomra Sorting Solutions, considerada uma das líderes mundiais na fabricação de equipamentos de separação para a indústria de reciclagem baseados em sensores.

    Plástico Moderno, Processo confere mais qualidade e alto valor agregado aos flakes de PET

    Processo confere mais qualidade e alto valor agregado aos flakes de PET

    A nova instalação da Pet Compañia teve as suas operações iniciadas em setembro do ano passado e deixou o seu administrador, Roberto Dentis, muito satisfeito com o desempenho dos equipamentos e com planeja atingir neste ano uma produção de 60 mil toneladas de flakes, volume projetado para atender à demanda interna espanhola e também do mercado europeu.

    Segundo informa a fabricante dos equipamentos, o Titech autosort 4 consiste em um sistema inovador de separação multifuncional baseado em sensores, desenhado para recuperar uma vasta gama de materiais de diferentes fluxos de resíduos, frações de um único material, todo o tipo de plásticos, embalagens, papel, resíduos domésticos, entre outras tarefas de separação, efetuadas mediante a combinação da informação do material e da cor.

    Os equipamentos trazem incorporado o primeiro sensor de infravermelhos próximos (NIR) que dispensa o uso de uma fonte de luz externa (tecnologia Flying Beam) e possibilita uma redução de até 70% no consumo de energia elétrica. A Tomra assegura tratar-se do sistema com maior eficiência energética e menor exigência de manutenção disponível no mercado atual e o descreve como um sistema compacto, caracterizado pela simplicidade, potência, confiabilidade e precisão. O seu design moderno também inclui um cartão de controle de alta velocidade, uma unidade de controle (CU) e um bloco de válvulas.

    Segundo conta o diretor para a península Ibérica e América Latina da Tomra Sorting, Carlos Manchado Atienza, o processo de estudo e remodelação da fábrica da PET Compañia incluiu a realização de três testes, com o próprio material do cliente, no centro de testes da Tomra, situado na Alemanha. Ele assegura tratar-se de uma configuração inovadora, que permite a obtenção de um reciclado com elevado grau de pureza, tanto para o PET cristal e azul claro como para o PET colorido. Também o tratamento do material é inovador, de acordo com ele.

    Flexível, a instalação permite efetuar mudanças ou variações tanto no material como no sistema de separação e foi concebida para uma capacidade de 8 toneladas/hora, com um tratamento anterior e outro posterior à pré-lavagem. A configuração da fábrica conta com duas linhas em paralelo, cada uma para tratamento de 4 toneladas/hora. As nove unidades possuem sensores NIR (infravermelhos próximos) e VIS (espectrometria visual) e detector de metais ferrosos e não ferrosos.

    Segundo informa o executivo da PET Compañia, trata-se da primeira unidade fabril do grupo Dentis a dispor das máquinas da Tomra Sorting. Além de computar a grande bagagem tecnológica em fábricas de lavagem de PET da fornecedora, ele ressalta que pôde aferir o rendimento da máquina em suas próprias instalações – a Tomra disponibilizou um dos equipamentos para que pudesse ser testado, durante dois meses, em uma das fábricas italianas –, fato que pesou a favor de sua decisão em investir na tecnologia.

    A indústria localizada em Chivia, Valência, produz o reciclado de PET Pétalo, marca da Dentis, reconhecida no mercado de matérias-primas secundárias por seu elevado grau de pureza. A recicladora revaloriza PET (polietieleno tereftalato) e plásticos de pós-consumo, procedentes de coletas seletivas e dos sistemas integrados de gestão ou de plantas de separação de resíduos plásticos industriais e urbanos.

    O executivo do grupo Dentis atesta a alta qualidade e maior valor agregado do flake de PET obtido com o novo processo, fato que permitiu à empresa ampliar o seu mercado para setores industriais novos e mais exigentes. Fundada em 1987, a Dentis Srl tem o seu centro de produção no noroeste da Itália, perto de Cuneo e de Turim. As embalagens são separadas em duas famílias, diferenciadas de acordo com a cor: flake de PET cristal, incolor, derivado das garrafas transparentes, e flake de PET multicolor, proveniente das garrafas coloridas. O grupo adquiriu a Pet Compañía para su Reciclado em 2011, como parte da sua expansão industrial na Espanha para a produção do Pétalo.

    A Tomra Sorting possui mais de 10.000 equipamentos de separação baseados em sensores instalados nas indústrias de reciclagem, alimentícia e de mineração. No Brasil existem 63 unidades funcionando em diferentes setores industriais, além de outras 200 distribuídas pelos demais países da América Latina.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *