Feiras e Eventos

21 de abril de 2009

Notícias – Feira de Milão antecipa novidade europeias – Os eventos realizados na Plast ’09 e Ipack-Ima mostraram como a indústria de plásticos de velho continente pretende enfrentar a crise

Mais artigos por »
Publicado por: Anelise Sanches de Roma
+(reset)-
Compartilhe esta página
    Plástico Moderno, Notícias - Feira de Milão antecipa novidade europeias - Os eventos realizados na Plast '09 e Ipack-Ima mostraram como a indústria de plásticos de velho continente pretende enfrentar a crise

    Evento reuniu expositores de mais de 43 países

    Em contradição com a expectativa de um cenário econômico mundial caracterizado por reduzidas taxas de crescimento, os grandes nomes internacionais presentes na feira industrial de matérias plásticas apostam tudo na inovação tecnológica.

    Apesar da balança comercial italiana do setor de máquinas e moldes para a indústria de plásticos e borracha ter registrado um significativo déficit em 2008, seus dirigentes mostraram entusiasmo e não perderam a oportunidade para exibir novidades e discutir as perspectivas e desafios deste mercado durante a Plast’09. A feira, realizada na capital lombarda entre 24 e 28 de março, reuniu mais de 1.200 expositores, servindo como um termômetro de observação para verificar como a Europa reagirá às pressões de um ano que se prevê como difícil.

    Em fevereiro deste ano, a Assocomaplast (Associazione Nazionale Costruttori di Macchine e Stampi per Materie Plastiche e Gomma) divulgou os resultados do setor no ano anterior; apontando uma queda de 3,4% nas exportações e um aumento de 1,9% nas importações. A francesa Michelin, por exemplo, anunciou recentemente o fechamento de sua fábrica em Stura, Turim.

    Não foi a primeira vez que uma feira internacionalmente reconhecida como a Plast abriu seus portões em uma época de turbulência na economia mundial, marcada por dificuldades de acesso ao crédito no sistema bancário e pela queda no volume de vendas no segmento de bens de consumo semiduráveis.
    No entanto, a peculiaridade do evento reside no fato de que, atualmente, a economia mundial enfrenta mudanças não somente de ordem financeira. Meio ambiente, saúde e segurança assumem grande relevância no mercado de plásticos e também foram temas debatidos durante a última edição da feira.

    Em sua 15° edição, a Plast ocorreu em um clima de sobriedade, dedicando mais de 60 mil metros quadrados à exposição de novidades, principalmente no que se refere a maquinários. Os expositores, oriundos de mais de 43 países, também participaram de uma série de seminários sobre diversos temas como futuro sustentável, engenharia de polímeros, design criativo de embalagens de poliestireno expandido (EPS) e processabilidade de filmes de PVC.

    A lista de inovações da feira também não desapontou os visitantes do evento. Somente no que se refere ao setor de máquinas e equipamentos foram exibidos mais de 3 mil itens.

    A Italtech, por exemplo, uma empresa italiana líder na produção de prensas injetoras para modelagem de termoplásticos, apresentou a Newton – a sua nova série de prensas compactas de dois andares. Segundo os executivos da empresa da Bréscia, os equipamentos variam entre 180 e 1.000 toneladas e garantem uma economia de 30% no consumo energético, graças à menor quantidade de óleo em circulação no produto, além de apresentar ciclos em vazio inferiores a 2,3 segundos. “Estamos orgulhosos deste lançamento porque além de compacta, a série Newton também reduz os custos de manutenção”, declara Mirco Pegoraro, presidente da empresa.

    Ainda sobre máquinas, a empresa Crizaf exibiu ao público o chamado “soft drop”. Trata-se de um novo sistema de aterrissagem para pré-formas de garrafas PET. Segundo a empresa, a novidade assegura o transporte delicado das pré-formas da unidade produtiva até o sistema de movimentação automático para paletes, tipo octabin. O sistema reduz significativamente os riscos de deteriorar o produto porque o seu deslocamento para o depósito é controlado por um sistema pneumático.

    No âmbito de produtos, demonstrando que o respeito ao meio ambiente será uma constante na política empresarial europeia, a Sirci Gresintex anunciou na feira o início da primeira linha de produção italiana de tubos de PVC de grande diâmetro sem o emprego de metais pesados. Os tubos destinados à rede de esgotos, de diâmetro de 1.000 mm, foram desenvolvidos graças a uma parceria com a Reagens e estão em conformidade com uma exigência prevista pela Comunidade Europeia. A partir de 2015, a instituição vetará a fabricação de produtos que contenham metais pesados no velho continente.

    A crescente atenção que os dirigentes empresariais e políticos europeus têm dedicado à indústria química para o desenvolvimento sustentável também incentiva pesquisadores a projetar novas soluções para a indústria de plásticos.

    No segmento da chamada “química verde”, um dos anúncios mais observados durante a Plast’ 09 foi a série de resultados obtidos pelo Parque Científico e Tecnológico da Sicília sobre a biodegradabilidade de filmes plásticos agrícolas para cultivo protegido. Em parceria com o instituto de pesquisas chinês IBFC, Antonino Catara, presidente do parque siciliano, colocou em evidência as características do copolímero de poliidroxialcanoato (PHA) obtido de óleos alimentares exaustos. Segundo Catara, o material permite a substituição dos tradicionais filmes plásticos por aqueles produzidos mediante a utilização de papel reciclado ou com um tecido de fibras vegetais totalmente biodegradável.

    Testes realizados pela faculdade de agronomia de Catânia demonstraram que, após a utilização do produto desenvolvido pelo parque siciliano, uma produção de pimentões registrou um incremento de 25%, enquanto que o cultivo de repolho cresceu ainda mais; em média, 50%. Além disso, os testes com o polímero biodegradável também confirmaram a sua resistência e versatilidade, iguais ou superiores àqueles tipicamente atribuídos aos filmes de origem petroquímica.


    Página 1 de 212

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *