Notícias

22 de abril de 2010

Notícias – Fábrica se torna mais ágil com nova unidade in house

Mais artigos por »
Publicado por: Renata Pachione
+(reset)-
Compartilhe esta página

    A Unipac abriu uma unidade in house na Syngenta Brasil, onde produz embalagens de polietileno de alta densidade (PEAD) monocamadas de 5 e 20 litros para o envase de defensivos agrícolas. A ideia é incluir a fabricação de frascos de 1 litro no projeto, a curto prazo. Essa inauguração sedimenta a parceria de mais de trinta anos entre as duas companhias, que contempla ainda o fornecimento de peças de 250 ml a 20 litros, tanto mono quanto coex, fabricadas nas outras plantas da empresa.

    Plástico Moderno, Notícias - Fábrica se torna mais ágil com nova unidade in house

    Sopradora produz embalagens monocamadas de PEAD

    A nova fábrica funciona desde outubro do ano passado e opera a plena capacidade. Apesar de não revelar números da produção da unidade, Nilton Coelho Filho, o gerente de negócios da divisão de embalagens da Unipac, garante que o player tem flexibilidade para se adaptar à sazonalidade do mercado de defensivos agrícolas.

    Atuar dentro do parque fabril do cliente por si só denota total integração à sua cadeia produtiva. Por isso, além dessa personalização do atendimento, a Unipac, que também é responsável pelo gerenciamento do fluxo logístico da planta, passou a responder às solicitações da Syngenta, uma das líderes mundiais no segmento de agribusiness, de forma rápida e otimizada. A iniciativa trouxe ainda ganhos econômicos, sobretudo no transporte. “Nós tiramos da estrada cerca de mil carretas”, afirma Filho.

    O projeto abarcou a reestruturação do prédio, localizado dentro da Syngenta em Paulínia-SP, e a compra de sopradoras. “Fizemos toda a instalação, desde os pisos até as partes hidráulica e elétrica, atendendo a todas as normas de segurança exigidas”, assegura Filho. Em área construída de 5 mil m², a planta abriga linha de produção composta por máquinas de elevada produtividade e alto grau de automação, e galpões para a estocagem das embalagens. Para dimensionar o tamanho da operação, pode-se considerar a geração de cerca de trinta empregos diretos.

    “Nós não vendemos só a embalagem, fazemos todo o trabalho logístico”, ressalta o gerente. De acordo com ele, o serviço prestado pela Unipac foi fundamental para a empresa vencer a concorrência pública aberta pela Syngenta em 2008. Fatores como flexibilidade industrial, custo/benefício e qualidade também nortearam a escolha, além da confiabilidade. A Syngenta passou por diversas fusões ao longo de sua existência, mas mantém a Unipac como sua fornecedora desde a década de 70.

    Essa é a segunda unidade in house da Unipac. Há dez anos, montou uma fábrica na Alimentos Wilson, de Presidente Prudente-SP. Apesar de se tratar do ramo alimentício, Filho afirma que a operação ofereceu à empresa subsídios para atuar com mais segurança nessa nova empreitada. “Aprendemos a trabalhar nesse conceito”, diz. Divisão de negócios do grupo Jacto, a Unipac está presente em mercados diversos, tais como: embalagens e tampas para indústrias agroquímicas, químicas, alimentícia, higiene e limpeza; produtos específicos para os setores automobilístico e de autopeças – montadoras, reposição e acessórios; agropecuária, consumo e laticínios; componentes para a área médica, odontológica e laboratorial; soluções logísticas; e moldagem de artefatos técnicos de borracha e cerâmica para indústrias de alta tecnologia.

     

    Leia a reportagem principal:

    Saiba mais:



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *