Feiras e Eventos

1 de outubro de 2014

Interplast 2014: Joinville reúne setor para mostrar avanços da tecnologia do plástico

Mais artigos por »
Publicado por: Plastico Moderno
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Plástico Moderno, Interplast 2014: Joinville reúne setor para mostrar avanços da tecnologia do plástico
    Plástico Moderno, Interplast 2014: Joinville reúne setor para mostrar avanços da tecnologia do plástico
    As atenções da cadeia produtiva dos plásticos estarão voltadas para Joinville-SC entre os dias 18 e 22 de agosto. A cidade catarinense abrigará a Interplast 2014, oitava edição da exposição de produtos para o setor, tirando proveito da sua localização geográfica e da presença de forte setor industrial, que lhe valeu o epíteto de “Manchester Catarinense”. A feira, de caráter bienal, é promovida pelo Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado de Santa Catarina (Simpesc) e pela Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast), com apoio institucional da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), e organização a cargo da Messe Brasil.

    Joinville abriga o maior polo de ferramentaria do país e é o segundo maior conjunto metalúrgico nacional, perdendo apenas para Minas Gerais. Tem grande importância a Fundição Tupy – maior fundição da América Latina –, mas também se destacam importantes produtoras de eletroeletrônicos, como a Embraco, Whirpool, Britânia, Siemens, e transformadores de plásticos do porte da Cipla e Amanco. As montadoras BMW e General Motors se instalaram na região.

    Como se não bastasse contar com um mercado local pujante, a cidade também se posiciona como ponto de integração do Mercosul, permitindo fácil ligação com Argentina e Paraguai, além de um contato rápido com as terras gaúchas e paranenses, sem contar a proximidade com três zonas portuárias importantes: São Francisco do Sul-SC, Itajaí-SC e Paranaguá-PR. É preciso lembrar que Gravataí-RS se tornou um centro automotivo importante, bem como a cidade de Pinhais, nos arredores de Curitiba-PR.

    Embora a indústria nacional do plástico esteja sofrendo os mesmos revezes que afetam todo o setor industrial brasileiro, a Interplast tem razões de sobra para esperar um afluxo maior de visitantes e um volume de negócios superiores aos registrados em 2012. Naquela ocasião, 550 expositores estiveram presentes, visitados por mais de 28 mil pessoas, vindos de todos os estados nacionais e da região, gerando negócios estimados em R$ 480 milhões nos seis meses seguintes à feira.

    Plástico Moderno, Interplast 2014: Joinville reúne setor para mostrar avanços da tecnologia do plásticoOs pavilhões da Expoville receberão, em paralelo, a EuroMold Brasil, exposição especializada em moldes e ferramentaria que conta com a experiência e apoio da alemã Demat, organizadora da tradicional EuroMold, realizada há 21 anos na Alemanha. A EuroMold realizada feiras na Ásia, Oriente Médio, América do Norte e Europa, e criou a versão Brasil para atender aos interessados em moldes e ferramentaria de toda a América do Sul. “A região Sul do Brasil tem apresentado um crescimento contínuo e planejado, com diversas empresas se instalando em busca de mão-de-obra, logística e infraestrutura adequadas, a exemplo dos setores automobilístico, naval, aeronáutico, de eletroeletrônicos, autopeças, máquinas e equipamentos”, afirmou Christian Dihlmann, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Ferramentais (Abinfer), entidade sediada em Joinville e apoiadora da EuroMold Brasil. Segundo informou, a disponibilidade de profissionais capacitados para o setor metalmecânico é uma realidade, contando com diversas instituições de formação de nível técnico e superior.

    Além disso, a Sociedade Educacional de Santa Catarina – Sociesc promove o Congresso de Inovação Tecnológica dos Plásticos (Cintec) em paralelo com a Interplas. A abertura do Cintec, no dia 18, contará com a palestra “Inovações tecnológicas no mercado de poliolefinas”, que será apresentada por Letícia Jensen Borges, diretora da Dow Brasil, abordando os desafios e oportunidades atuais da cadeia dos termoplásticos no país.

    Durante a feira, o Simpesc e a Fiesc programaram a realização de uma rodada de negócios, com o intuito de aproximar fornecedores e consumidores de matérias-primas, máquinas e produtos plásticos. Sendo a região Norte de Santa Catarina o segundo maior mercado de plásticos na América do Sul, a relevância desse encontro da cadeia produtiva é inegável. São esperados representantes dos setores automotivo, eletrodoméstico, construção civil, moveleiro, higiene pessoal, farmacêutico e de embalagens, incluindo companhias nacionais e transnacionais, com onze empresas âncoras. A rodada está marcada para os dias 19 e 20 de agosto, das 14h30 às 20h, na Sala Hortência.

    No dia 20, das 17h00 às 21h, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) promoverá o workshop na área de Sistemas de Manufatura, como apêndice da EuroMold Brasil, na sala Girassol, com objetivo de elevar a competitividade da indústria nacional mediante a promoção do processo de inovação, oferecendo soluções tecnológicas para produtos e processos. O tema do encontro é: Novas tecnologias no processo produtivo. As palestras envolverão temas relacionados ao futuro da ferramentaria, o uso de diamante sintético como material de engenharia, impressão 3D por deposição metálica a laser, e impasses da indústria automotiva, com a presença de especialistas do Brasil, Estados Unidos, Itália e Argentina.

     

    Interplast 2014 – Feira e Congresso da Integração da Tecnologia do Plástico
    Data: 18 a 22 de agosto
    Local: Complexo Expoville – Joinville-SC
    Promoção: Simpesc e Abiplast
    Organização: Messe Brasil
    Área de exposição: 27 mil m²
    Eventos paralelos: Euromold e Cintec

     



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *