Máquinas e Equipamentos

7 de julho de 2014

Injetoras: Retorno às peças técnicas

Mais artigos por »
Publicado por: Antonio Carlos Santomauro
+(reset)-
Compartilhe esta página
    Plástico Moderno, Santos: Jasot atuou mais nas máquinas para calçados nos últimos anos

    Santos: Jasot atuou mais nas máquinas para calçados nos últimos anos

    No ano em que completa quatro décadas de existência, a fabricante gaúcha Jasot pretende iniciar uma trajetória de retomada de espaço na indústria das peças técnicas, que era mais relevante antes da intensificação da concorrência provocada pela chegada das máquinas asiáticas. Um dos marcos iniciais dessa retomada será o lançamento, ainda neste ano, de uma linha de injetoras híbridas – com acionamento hidráulico e servomotor comandado por inversor de frequência –, inicialmente composta por três itens: com 150, 180 e provavelmente 250 toneladas de força de fechamento. “O dólar agora mais estável nos permite disputar melhor esse mercado”, observa José Airton dos Santos, sócio-diretor da Jasot.

    Atualmente, a Jasot tem presença mais marcante no setor de fabricação de calçados, para os quais oferece injetoras específicas: máquinas rotativas monocolores e bicolores para solados e botas; injetoras horizontais com mais volume, próprias para injeção de solados e tacos para saltos; máquinas de injeção diretamente no cabedal do calçado, entre outras.

    Plástico Moderno, Injetoras: Retorno às peças técnicas ©QD Foto: DivulgaçãoE os investimentos da Jasot não se restringem à nova linha de máquinas híbridas: há cerca de um ano a empresa iniciou um processo de modernização de seus sistemas de gestão que entre outros itens inclui um acentuado upgrade de suas ferramentas de ERP. “Estamos também passando a trabalhar com conceitos hoje muito em voga, como computação em nuvem”, diz Paulo Schmitz, assessor da empresa nesse processo de reformulação da gestão. “Isso nos propiciará mais eficiência, e mais agilidade na troca de informações com a clientela”, destaca.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *