Embalagens

31 de julho de 2007

Fispal Tecnologia – Indústria de embalagem plástica ratifica vigor no setor de alimentos

Mais artigos por »
Publicado por: Renata Pachione
+(reset)-
Compartilhe esta página

    De 12 a 15 de junho, o Anhembi, em São Paulo, foi cenário para a indústria de embalagens plásticas mostrar sua força no mercado de alimentos. Entre os cerca de dois mil expositores da 23ª Fispal Tecnologia, as empresas ligadas ao setor ratificaram seu alinhamento às tendências internacionais e indicaram bons ventos para os próximos anos. A maior parte dos participantes, além de apresentar lançamentos em produtos, anunciou planos de expansão e investimentos.

    Considerado um termômetro da atividade industrial brasileira, o setor de embalagens busca validar esses esforços. A Associação Brasileira de Embalagem (Abre) prevê, para 2007, aumento de sua produção em torno de 2%, em relação ao ano passado. Segundo o presidente da Abre, Paulo Sérgio Peres, Brasil, China, Turquia e Índia são considerados grandes promessas da indústria mundial de embalagens. No caso específico dos flexíveis, também há indicativos promissores. O País é líder na América Latina na fabricação de embalagens plásticas flexíveis, com 36% do total produzido na região. Os principais consumidores são os segmentos de biscoito, fumo, café, bala e doce. Essa preferência não é por acaso. O setor de alimentos representa por volta de 50% do mercado de flexíveis plásticos, conforme explica o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Embalagens Plásticas Flexíveis (Abief), Rogério Mani.

    Apesar de ser voltada para o desenvolvimento das indústrias de alimentos e bebidas, a feira assume a cada ano um caráter mais abrangente. Para o diretor da Fispal, Marco Antonio Mastrandonakis, o evento ampliou sua penetração para os mercados químico e farmacêutico. “Temos aqui as cadeias de várias indústrias integradas”, completou o fundador da Fispal, Ricardo Santos Neto. Entre as tendências anunciadas, foco para duas delas. De acordo com os organizadores, em seus novos desenvolvimentos, a indústria deve estar atenta ao crescimento surpreendente da alimentação fora de casa. O outro ponto salutar dá conta, especificamente, das embalagens. Mastrandonakis e Neto falam sobre a necessidade do setor investir na reciclagem e em fontes renováveis. “Daqui a vinte anos, as matérias-primas da embalagem serão produtos oriundos da terra”, finaliza Neto.

    Plástico Moderno, Marta Ferreira, responsável pelo marketing , Fispal Tecnologia - Indústria de embalagem plástica ratifica vigor no setor de alimentos

    Marta: sopradora eleva chance da Sidel fazer projetos no País

    Máquinas – Um pavilhão da China ilustrou a força dessa indústria no ramo de máquinas para as embalagens plásticas. A chinesa Sun – Jiway Distribuidora e Assessoria exibiu diversos modelos de máquinas automáticas, entre injetoras para polietileno tereftalato (PET) e sopradoras. Um dos destaques da marca, a sopradora HZ1000 se diferenciava, pois economiza no processo até 25% de eletricidade, graças à reduzida distância entre as pré-formas. A produção também se destacou. O modelo pode fabricar entre mil e 2 mil frascos/hora. O preço, no entanto, continua como forte aliado, talvez o principal deles. O molde chinês chega a ser 30% mais barato, se comparado ao nacional. A confiança na aceitação do mercado brasileiro suscita a criação de um centro tecnológico em Santa Bárbara D´Oeste-SP. A idéia é abrir o local para testar as pré-formas e montar um showroom para garantir a pronta entrega das máquinas.

    O grupo Sidel levou para seu estande a sopradora SOB Universal 8. A máquina tem como proposta ser utilizada para os testes de garrafas na fábrica brasileira da companhia. “É do nosso estoque, não é para venda”, explica a responsável pelo marketing Marta Ferreira. De acordo com ela, o modelo representa a possibilidade de os projetos serem feitos no Brasil. A planta (ex-Simonazzi), localizada em Itapecerica-SP, abriga um dos quatro centros de desenvolvimento do grupo.

    A intenção é agilizar o atendimento e entender melhor as necessidades do cliente. Em tempo: por uma decisão estratégica, a companhia decidiu não fabricar mais sopradoras no País. A planta de São Paulo produz máquinas enchedoras, lavadoras, pasteurizadores, transportadores, mixers, paletizadores e despaletizadores.

    Plástico Moderno, Fispal Tecnologia - Indústria de embalagem plástica ratifica vigor no setor de alimentosUm dos propósitos da participação do grupo dá conta das inovações em sopro. A linha SBO Universal promete a fabricação das garrafas PET com redução de custos em torno de 20% e aumento da produção de 23%, em virtude, sobretudo, do aumento da cadência para 1.800 garrafas por molde/hora.

    O mercado do PET se mostra atraente em números. A resina envasa 80% dos refrigerantes produzidos no País, conforme estima a Associação Brasileira da Indústria do PET (Abipet).De acordo com o presidente da Abipet, Alfredo Sette, as embalagens PET acondicionam quase todo o óleo comestível encontrado nos supermercados e a grande maioria das águas minerais e isotônicos.

    Para a SIG Beverages, a exposição se traduziu na oportunidade de mostrar-se ao mercado como especialista em PET.

    Plástico Moderno, Ana Lúcia Murare Green, responsável pelas vendas e marketing, Fispal Tecnologia - Indústria de embalagem plástica ratifica vigor no setor de alimentos

    Ana: SIG quer prestígio como perita em PET

    Por isso, Ana Lúcia Murare Green, responsável pelas vendas e marketing da empresa, divulgou que a SIG Beverages trouxe da Alemanha o sistema Bottles & Shapes.

    O conceito se propõe a abranger desde o apoio no desenvolvimento do produto, passando pelo design, escolha do material e otimização do processo até a fabricação das garrafas PET.

    A divisão SIG Corpoplast se baseou em seus trinta anos de experiência para oferecer as sopradoras Blomax série III. As máquinas para moldagem e sopro por estiramento se destacam pelos tempos reduzidos de troca de moldes e economia energética.


    Página 1 de 41234

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *