Borracha

3 de julho de 2014

Expobor: Indústrias químicas erguem fábricas para acompanhar o avanço das borrachas

Mais artigos por »
Publicado por: Jose Paulo Sant Anna
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Plástico Moderno, Expobor: Indústrias químicas erguem fábricas para acompanhar o avanço das borrachasNem sempre os produtos lançados são as notícias mais importantes dos expositores. No caso da Expobor, duas multinacionais com atuação na indústria química em escala mundial, Evonik e Lord, trouxeram como principais novas a confirmação de investimentos na construção de plantas industriais no território brasileiro.

    A Evonik, multinacional de origem alemã, fornece sílicas e silanos para os fabricantes de pneus, solados e artefatos de borracha. Os dois insumos são indicados para a obtenção de compostos de alto desempenho. “Somos o único fornecedor que disponibiliza os dois produtos”, destaca Camila Pecerini, chefe de produto da área Inorganic Materials.

    A empresa está no início dos trabalhos de engenharia básica para a construção de sua primeira fábrica de sílica precipitada no Brasil. A planta funcionará em Americana-SP e deve ser concluída em 2015. A produção será destinada para abastecer a América do Sul. O investimento não foi informado. “Está na casa de dezenas de milhões de euros”, estima.

    Plástico Moderno, Camila: companhia fornece sílicas e silanos para o setor

    Camila: companhia fornece sílicas e silanos para o setor

    O bom desempenho dos clientes explica a iniciativa. A demanda por sílica precipitada está em forte expansão no Brasil. Entre os produtos previstos para a nova fábrica, está a linha Ultrasil, voltada para a produção de pneus de alto desempenho. Também será fabricada a linha Sipernat, indicada para as indústrias de alimentação humana e nutrição animal, além dos segmentos agrícola e dental.

    Entre os produtos apresentados na feira pela Evonik, alguns mereceram destaque. O Cofill, resorcinol em combinação com sílica precipitada, melhora a adesão de compostos de borracha em telas têxteis e metálicas usadas, por exemplo, em determinados pneus. O Colipsil é uma sílica precipitada modificada que melhora a resistência à abrasão e as propriedades mecânicas. Também foram divulgadas as linhas de antioxidantes e antiozonantes especiais da Addivant, marca que passou a ser comercializada e distribuída pela Evonik no Brasil no início de 2014.

    Também está prevista para 2015 a inauguração da nova planta da Lord, cujos principais produtos para o setor são os da linha de adesivos Chemlok, voltados para aderir borracha com metais. A fábrica vai funcionar em Jundiaí-SP. “Entre 50% e 60% das obras já estão concluídas”, informa Edwin Rodrigues, gerente de marketing para a América Latina. Os motivos do empreendimento são os de sempre. “Está havendo grande aumento de procura”, diz.

    Plástico Moderno, Pneus novos de alto desempenho levam mais sílica em seus compostos

    Pneus novos de alto desempenho levam mais sílica em seus compostos

    O executivo salienta que a empresa é líder mundial nesse nicho de mercado, tendo as montadoras como grandes clientes. “Em torno de 97% dos automóveis de todo o mundo circulam com algum componente colado com produtos produzidos por nós”, garante. Outros setores também merecem citação. “Temos adesivos e revestimentos de elastômeros para a indústria de óleo e gás”, exemplifica.

    Duas linhas Chemlok foram lançadas na feira, as dos adesivos HPC e HRC. “São produtos muito inovadores, evitam temperaturas altas e oxidação quando em contato com petróleo e gasolina, incrementam a vida útil de partes mecânicas dos automóveis”. Entre os demais produtos oferecidos, Rodriguez aponta os de base água como promissores.  “Eles são amigáveis com o meio ambiente”. Um apelo de marketing muito interessante para o momento atual, quando os consumidores cobram por soluções que não ataquem a natureza. Só não são mais vendidos no mercado nacional por causa do preço. “Eles custam mais caro”, admite.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *