Máquinas e Equipamentos

2 de junho de 2011

Brasilplast 2011 – Termoformadoras – Mercado pede máquinas mais produtivas

Mais artigos por »
Publicado por: Patricia Rodrigues
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Máquinas mais produtivas, com troca mais rápida e melhor eficiência energética são a aposta dos fabricantes nacionais e estrangeiros para atender às exigências deste mercado em franca expansão.

    Com poucos fornecedores nacionais e concorrentes estrangeiros em segmentos bastante específicos, quem oferece máquinas para embalagens termoformadas comemorou o bom desempenho do setor e os bons negócios durante a 13ª Brasilplast. Roberto Lakatos, diretor da Eletro-Forming, de Embu-SP, tradicional empresa do ramo, contou que, após a crise de 2009 e com a crescente retomada das vendas no ano passado, o mercado está a todo vapor. “Tanto que a feira está rendendo ótimos negócios”, reforçou.

    Plástico Moderno, Roberto Lakatos, Diretor da Eletro-Forming, Brasilplast 2011 - Termoformadoras - Mercado pede máquinas mais produtivas

    A Eletro-Forming apresentou a TC série C, termoformadora automática para PS, PET, PVC e PP, com alimentação por bobinas, que recebeu ajustes para deixar o equipamento mais produtivo, de 22 a 32 ciclos por minuto, conforme a peça confeccionada. “A grande vantagem do modelo, além do alto grau de automatização em diversos componentes, é a moldagem com corte final feita em uma só estação. A peça sai contada e empilhada, pronta para o ensacamento”, destacou Lakatos. “Também oferece duas opções de configuração, para pratos e outras peças. No caso de pratos com 15 cm de diâmetro, são 22 mil peças por hora.”

    Com desbobinador automático, oito zonas de temperatura, controle individual de temperatura para cada zona do forno de aço inoxidável com potência de 35 KW e bobinador de retalho para reciclagem, o equipamento possui CLP com diversos controles e configurações em interface touchscreen de 5,5 ou 12 polegadas para facilitar o trabalho do operador. “A máquina também já vem equipada com plug e destacador a ar comprimido com regulagem de tempo e pressão para que as peças moldadas se soltem facilmente do molde, especialmente os do tipo macho”, explicou o diretor. Para garantir movimentos rápidos da prensa, o modelo possui válvulas pneumáticas de alta vazão associadas a reservatórios de ar.

    Entre os opcionais, a termoformadora pode incluir servomotor no transporte de filme (no standard, transporte por inversor), preaquecedor e sistema de forno para PP, além de válvulas para partes postiças de moldes específicos. Para os próximos meses, a Eletro-Forming promete seu grande lançamento do ano – não ficou pronto a tempo de ser exposto na feira. Trata-se de um modelo mais tecnológico e com capacidade produtiva quadruplicada em relação à TC série C.

    A Vacuum Machine, de Mairiporã-SP, empresa que produz máquinas de vacuum (leve e pesado), seladoras de blisters, corte e dobra, aproveitou a feira para lançar oficialmente sua entrada no mercado de equipamentos para termoformagem. Rui Katsuno, sócio-diretor, apresentou a termoformadora automática VMTF, com alimentação por bobinas, que molda e corta na mesma estação e empilha na seguinte. “Atinge até 32 ciclos por minuto, com nove pratos a cada ciclo”, detalhou.

    Plástico Moderno, Rui Katsuno, Sócio-diretor, Brasilplast 2011 - Termoformadoras - Mercado pede máquinas mais produtivas

    Além da velocidade, Katsuno apontou entre outras vantagens a facilidade na operação, a simplicidade na manutenção e, claro, o preço competitivo em relação aos tradicionais fabricantes. “Além da ótima produtividade, temos uma relação custo/benefício excelente nessa categoria”, reforçou.

    De acordo com o empresário, o mercado recebeu muito bem a nova termoformadora. O lançamento, assim como a exposição das tradicionais máquinas da empresa, foi decisivo para o sucesso das vendas durante o evento. “Em menos de uma semana de feira, a empresa fechou um ano de seu faturamento”, comemorou. A Vaccum Machine também apresentou vacuum forming contínuo de corrente, modelo VMCO 6580, destinado à produção de bandejas de embalagens alimentícias e blisters.

    Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - Termoformadoras - Mercado pede máquinas mais produtivas

    A HF 550-RSJ opera com largura da chapa de 650 mm

    A Hece, de São Carlos-SP, nesta edição resolveu investir no segmento ao trazer para o evento sua linha de termoformadoras, também apostando no crescimento do mercado dessas embalagens. No penúltimo dia da feira, a empresa já comemorava a venda de 25 máquinas (incluindo as de corte e solda) e consultas acima da média. “A procura cresce em ritmo constante, especialmente no setor alimentício com potes e copos”, avaliou Luiz Fernando do Valle Sverzut, gerente industrial. “Há uma necessidade cada vez maior da automação para reduzir o contato manual com a peça fabricada e para facilitar a operação”, explicou.

    Com base nessas exigências, a empresa destacou a série HF 750, com área de chapa de 830 x 600 mm, produção de 30 ciclos por minuto e dotada de comando numérico computadorizado, diversos controles (pneumático, de temperatura) e automatização nas etapas de afastamento das estufas e na partida com simulador de ciclo. A máquina possui desbobinador automático com suporte de bobina de até um metro de diâmetro ou cavalete da extrusora para bobinas-jumbo. Como opcionais, o equipamento pode incluir empilhador e empacotador automáticos, aquecedor de borda e moldes. “É um equipamento bastante produtivo, alcançando 20 ciclos por minuto com potes de PP, mais pesados, com sistema de empilhamento muito bom”, ressaltou o gerente. “Com esses itens, conseguimos dar mais opções ao cliente nacional”, explicou. A Hece também oferece os modelos HF 550 e HF 550-RSJ – com larguras de chapa menores (650 mm), porém com muitas das características técnicas semelhantes da HF 750 –, que alcançam produtividade de 35 e 25 ciclos por minuto, respectivamente.


    Página 1 de 212

    Compartilhe esta página







      Um Comentário


      1. wellington leite de oliveira filho

        oi boa tarde com eu posso fazer pra fazer um teste com vcs



      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *