Feiras e Eventos

4 de abril de 2011

Brasilplast 2011 – O que há para ver na feira

Mais artigos por »
Publicado por: Plastico Moderno
+(reset)-
Compartilhe esta página

    ACTPLUS

    A empresa, cujas atividades estão voltadas aos segmentos alimentício, médico-hospitalar, automobilístico, eletroeletrônico, descartáveis, de comunicação visual e higiene e limpeza, participará da Feira apresentando aos visitantes suas linhas de masterbatches, compostos e tingimentos, produtos fornecidos com qualidade certificada, bem como de acordo com os conceitos de sustentabilidade, respeito ambiental e social.

    ADIRPLAST

    Em seu estande de 25 metros quadrados, a Associação Brasileira dos Distribuidores de Resinas Plásticas (Adirplast), fundada há quatro anos, marcará presença no evento, reforçando suas diretrizes, como o fortalecimento da distribuição, o apoio aos seus associados e a consolidação com petroquímicas, além da internacionalização, bem como os trabalhos que realiza para promover os benefícios do plástico, tudo isso aliado à importância da distribuição sustentada de resinas plásticas. Serão divulgados os benefícios oferecidos pela entidade aos distribuidores, tais como a capacidade de pulverização, já que o mercado transformador, composto por quase 11.500 empresas, 94,2% delas pequenas e médias e 65% com até 20 funcionários, está espalhado por todo o imenso território nacional. Os serviços de pós-venda e o suporte técnico oferecidos pelos distribuidores aos clientes também são diferenciais de destaque a ser focados.

    ADL

    A expositora aproveitará a oportunidade para apresentar seu carro-chefe, uma linha de extrusão automatizada, composta por extrusora ADL 100 mm com degasagem, troca-telas hidráulico e sistema de corte direto na cabeça. Esta linha é capaz de atender tanto os fabricantes de compostos como os recicladores e transformadores em geral. Serão exibidos, também, outros periféricos, tais como granuladores, secadores de espaguete, troca-telas contínuo e balanças ensacadeiras.

    ALFAINJEPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

    A empresa, representante do grupo Chen Hsong no Brasil, fabricante de máquinas injetoras, dará destaque ao modeloJM (Jetmaster) 138-Ai, dotado de controle inteligente e que combina o computador de controle inteligente “Ai-11” (construído para rede, diagnósticos inteligentes e assistência on-line) com um circuito hidráulico otimizado, resultando em maior velocidade, redução no tempo de ciclos, significativa melhora nos controles de precisão e facilidade de uso. Opera com bomba de vazão variável, para proporcionar economia de energia estimada em até 40%. A empresa apresentará, também, seus sistemas para injeção de pré-formas PET.

    AGIE CHARMILLESPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

    Estará destacando três tipos de equipamentos. O modelo CUT20P, aliado à alta tecnologia do gerador digital AgieCharmilles e sua interface HMI muito amigável, proporciona fácil operação, alta performance, precisão e acabamento para cortes nos mais variados materiais, com dimensões máximas de 820 x 680 x 250 mm. A máquina atua com velocidade máxima de corte de 300 mm2/min e possibilita acabamento menor que 0,25 µRa. O modelo HSM500, projetado principalmente para usinar peças de pequeno e médio portes, feitas de concreto polímero, funciona com aceleração de 17m/s2, aloja spindle Steptec de 13 kW e inclui comando iTNC 530 da Heidenhain, garantindo processos com performance, precisão e acabamento em peças de até 500 x 450 x 350 mm e 200 kg. Está disponível com grande gama de opcionais, podendo ser utilizado em empresas dos setores automobilístico, aeroespacial, médico, eletroeletrônico, cosmético e calçadista, entre outros. Já o modelo FORM3000HP de eletroerosão por penetração é capaz de usinar peças com dimensões máximas de 1.200 x 800 x 350 mm e 2.000 kg. Possui trocador de eletrodos e palete, para aumentar a autonomia de trabalho, sem intervenções do operador, e incorpora gerador inteligente com módulo IQ e aceleração no eixo Z de 10 m/s2, garantindo alto desempenho, precisão e acabamento com desgaste próximo de zero, com eletrodos de cobre ou grafite. Consome 5,5 kVA de energia elétrica para operar.

    ALTMANN

    Será dado enfoque especial à câmara para ensaio de envelhecimento acelerado QUV marca Q-Lab, capaz de reproduzir, em poucos dias ou semanas, os danos que podem ocorrer nos materiais em meses ou anos, quando expostos em ambientes externos. O equipamento simula os efeitos da luz solar com lâmpadas fluorescentes ultravioleta, além de orvalho e chuva, usando umidade de condensação e/ou pulverização da água. Outro destaque será o espectrofotômetro multiangular MA98 da X-Rite, para medições precisas e consistentes das cores de acabamentos com efeitos metálicos, perolizados e especiais de alta complexidade. Dotado de dez ângulos de medição e dois de iluminação, cria um perfil mestre de cada cor, que serve como ponto de referência para otimização da comunicação das cores, desde a etapa inicial de criação, passando pela formulação e pelo processamento, até a garantia da qualidade. O equipamento possui como recurso a nova tecnologia xDNA (X-Rite Análise Numérica Dinâmica), um sistema que utiliza o instrumento MA98 e o software X-ColorQC para coletar dados e analisá-los com algoritmos próprios para criar uma assinatura digital exclusiva de uma superfície ou tinta de efeito. Outros destaques no estande serão o granulômetro a laser, o medidor potencial zeta, cabines de luz, moinhos para laboratórios e a nova linha de instrumentos Bruker, como o AFM, um microscópio de Força Atômica.


    Página 1 de 3712345...102030...Última »

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *