Feiras e Eventos

13 de junho de 2014

Argenplás renovada quer atrair mais visitantes

Mais artigos por »
Publicado por: Marcelo Fairbanks
+(reset)-
Compartilhe esta página

    De 16 a 19 de junho, o setor plástico da América Latina deverá se reunir no Centro Costa Salguero, em Buenos Aires, para a XV Exposição Internacional de Plásticos (Argenplás), sob o comando da Cámara Argentina de la Indústria Plástica (Caip), com organização da MBG&Events e da PWI Events. O encontro promete uma abordagem renovada da exposição, que será acompanhada pelo 3º Congresso do Setor Plástico das Américas e também pelo 1º Congresso Iberoamericano do Setor Plástico, estes organizados pela Asociación Latinoamericana da la Indústria Plástica (Alipast). Os patrocinadores de maior peso do congresso são a Braskem, Dow, ICBC (Banco da Indústria e Comércio da China), Petroquímica Cuyo, Solvay Indupa e Conarsa.

    Assuntos não faltam para animar os debates. A começar pela situação atual do setor na região, a sustentabilidade dessa cadeia produtiva, incluindo esforços crescentes para a reciclagem de materiais pós-consumo, além dos efeitos da globalização econômica sobre a atividade. E também os bioplásticos, alternativa de melhor desempenho ambiental para os polímeros sintéticos, especialmente em embalagens. Porém, as expectativas sofrem com o mau humor das principais economias regionais, ou seja, Brasil e Argentina, além de a data coincidir com o período dos jogos da Copa do Mundo de Futebol, tema que apaixona multidões nos países latinomaericanos.

    Mesmo assim, a organização dos encontros espera a presença de 17 mil visitantes de alta qualificação profissional. Com isso, a Argenplás poderá se tornar a maior reunião empresarial do setor de plásticos de todos os países de fala hispânica.

    A Argenplás 2014 conta com apoio governamental explícito. Em fevereiro, o secretário-geral da presidência da República Argentina, José Parrilli, com a intervenção dos Ministérios das Relações Exteriores e da Indústria, assinou a Resolução nº 154, atribuindo ao evento o caráter de “interesse nacional”.

    Extrusão – A Carnevalli confirmou a participação no encontro de Buenos Aires, mantendo uma longa tradição. “Essa será a nossa 10ª participação na Argenplás, pois a Argentina sempre foi um grande mercado para nossa empresa, representando 40% de nossas exportações”, afirmou William Carnevalli, diretor de marketing. Ele comentou que os clientes do país vizinho são muito exigentes, mais isso favorece a companhia, voltada para equipamentos de alta tecnologia. “Temos grande perspectivas de negócios, mesmo com os problemas cambiais e acreditamos que somos os maiores parceiros dos Argentinos e assim continuaremos.”

    Nesta Argenplás, a Carnevalli vai expor sua linha de maior sucesso na atualidade, uma Polaris Plus 65. Segundo o diretor, trata-se de equipamento completo, com todos os recursos para a fabricação dos filmes plásticos mais exigentes para laminação, filmes técnicos e sacolas de alta densidade com qualidade superior, tanto em espessuras finas quanto grossas. O equipamento está configurado com sistema de arraste reversível, para melhor planicidade do filme, cabeçote bifluxo, para maior resistência e homogeneização do balão, com bobinador totalmente automático. Para alcançar um baixo consumo de energia, a máquina incorpora o motor WEG Wmagnet, de imãs permanentes. Além da Polaris, a companhia aproveitará a ocasião para divulgar a nova linha de extrusoras para chapas, que não será exposta.

    Também especializada em extrusão, a Rulli-Standard participará da Argenplás 2014, apresentando a extrusora EF 2.1/2”, que transforma de 130 a 160 kg/h de PEAD e de 170 a 200 kg/h de PEBD, com uma largura de bobinadeira de 1900 mm, com corte tanto automático quanto manual. “Este modelo de extrusora tem manuseio versátil e possui características elétricas que o tornam muito econômico quando comparado a equipamentos similares na mesma aplicação”, detalhou Rita Louzada, do departamento comercial da companhia. Além disso, ela comentou que a EF 2.1/2”(30D) possui fácil ajuste e apresenta baixíssimos índices de variação de espessura de filme, mesmo operando com material reciclado.

    Plástico Moderno, Rulli-Standard levará sua linha de extrusão para feira

    Rulli-Standard levará sua linha de extrusão para feira

    A Rulli-Standard acredita no potencial de negócios no país vizinho, apesar dos problemas econômicos persistentes. “A Argentina passa por dificuldades, pois o governo impõe regras para impedir a evasão de dólares do País, mas sabemos que esse país sempre foi um grande comprador das nossas extrusoras”, afirmou Rita. A empresa considerou o grande número de cotações solicitadas pelos industriais argentinos e, sabendo do potencial existente pela demanda de extrusoras de qualidade com preços atrativos, resolveu prestigiar o evento. “As dificuldades são passageiras e, em breve, nossos vizinhos encontrarão uma saída para a crise.”

    A italiana Amut, que recentemente se associou à Wortex para operações no Brasil, estará expondo na Argenplás os produtos de suas duas linhas de negócios. A Amut Comi segue produzindo equipamentos para extrusão de chapas, filmes e perfis. A Amut Ecotech produz instalações de recuperação e reciclagem de rejeitos municipais e industriais. Recentemente, a empresa vendeu algumas unidades completas de extrusão para clientes argentinos e colombianos, especialmente para a transformação de perfis de PVC e laminados de PP.



    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *