Feiras e Eventos

24 de fevereiro de 2010

5ª feira de ferramentaria + modelação + usinagem – Propulsor de novos negócios, evento se consolida como polo de intercâmbio

Mais artigos por »
Publicado por: Rose de Moraes
+(reset)-
Compartilhe esta página

    Expandir os horizontes técnicos e comerciais tanto para os expositores quanto para os visitantes é a proposta central da 5ª edição da Feira de Ferramentaria, Modelação e Usinagem (FMU), a realizar-se de 2 a 5 de março, no megacentro de exposições Wittich Freitag, pertencente ao complexo Expoville, em Joinville-SC.

    Única no gênero no Brasil, a FMU abre o calendário do ano de 2010 de feiras técnico-comerciais da Euro Feiras, revelando a cada edição capacidade para consolidar metas e objetivos dos organizadores, ao tornar-se palco de exibição de novidades, ponto de encontro e de intercâmbio de profissionais, e evento propulsor de novos negócios.

    “A FMU vem apresentando constante crescimento no número de expositores e visitantes, reunindo a cada edição novos empresários, profissionais, compradores, fornecedores, prestadores de serviços, estudantes e pessoal especializado, que têm revelado satisfação com os negócios fechados e prospectados durante a feira”, constata Rogério Atanázio, diretor da Euro Feiras, a empresa idealizadora da FMU que promove a exposição a cada dois anos.

    Na última edição, realizada em 2008, a mostra foi prestigiada por 182 expositores e mais de 23 mil visitantes. Neste ano, os organizadores prevêem aumento de 20% no número de expositores, com consequente crescimento proporcional no total de visitantes.

    O sucesso da FMU em grande parte está atrelado à própria história e vocação industrial de Joinville. Consagrada como o segundo maior polo em ferramentarias do país, a cidade concentra grande número de empresas dedicadas ao setor e pretende continuar fazendo jus à sua posição não só no mercado interno, como também no exterior.

    Plástico Moderno, Rogério Atanázio, Diretor da Euro Feiras, 5ª feira de ferramentaria + modelação + usinagem - Propulsor de novos negócios, evento se consolida como polo de intercâmbio

    Atanázio: feira segmentada atrai públicos altamente qualificados

    A importância do polo e da região também é comprovada em números. De acordo com contagem do Sindicato da Indústria de Artefatos de Ferro, Metais e Ferramentas em Geral do Estado de São Paulo, das 844 indústrias que compõem o setor de ferramentas no país, cerca de 40% estão instaladas nos três estados da Região Sul, fortalecendo economicamente, portanto, os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

    A parceria das empresas do setor de ferramentaria com a Euro Feiras com a finalidade de oferecer maior visibilidade aos vários segmentos se iniciou em 2002, quando começaram os preparativos para a primeira edição da Feira de Ferramentaria e Modelação, como era denominada na época, e que foi realizada em março de 2003, em Joinville.

    “Criamos a Euro Feiras em 2002, com o objetivo de realizar feiras segmentadas para públicos altamente qualificados, após termos constatado em pesquisas a inexistência no Brasil de evento voltado para o setor de ferramentarias”, informou o diretor Atanázio.

    A busca por expositores trouxe à tona a existência de grande número de pequenas, médias e grandes empresas fabricantes de moldes e a importância desse segmento nessa cadeia produtiva, o que levou os organizadores a promover a segunda edição da feira um ano depois da primeira, em 2004, e que contou com 10% de crescimento no número de expositores em relação à primeira edição.

    “A qualificação do público foi um dos aspectos positivos apontados naquela época, além de termos comprovado a presença de grande número de participantes da Região Sul do país, somado ao também significativo número de visitantes oriundos de nove estados brasileiros e de seis diferentes países”, informou Atanázio.

    Na terceira edição da feira, realizada dois anos depois, em 2006, os organizadores observaram um salto na qualidade e na quantidade de expositores e de visitantes em virtude da inauguração das novas instalações do megacentro Wittich Freitag, após reforma aguardada durante vários anos, principalmente pelas comunidades empresariais do Sul. Assim, os expositores puderam contar com 12 mil metros quadrados de área construída para a exposição, incluindo 45 mil metros quadrados de área reservada para estacionamento.

    “A inauguração do megacentro possibilitou aumentar em 150% o número de expositores, abrangendo a demanda reprimida do setor e, a partir da terceira edição, conseguimos agregar também à feira o segmento de usinagem, conferindo nova denominação ao evento, que passou a chamar-se Feira de Ferramentaria, Modelação e Usinagem”, informou o diretor.

    Entre os resultados, a 3ª edição da FMU registrou ampliação de 30% no número de negócios, somou total de 250 empresas participantes, e também contou com novos apoios de reconhecidas entidades do setor, como da Abifa, Sindipeças, Virfebras e Abimei.

    Assim, a FMU alcançou mais rapidamente seus objetivos, abrangendo os segmentos de modelação e usinagem, com destaque especial para os fabricantes de moldes para injeção, sopro, extrusão, rotomoldagem e termoformagem, incluindo também fornecedores para o setor de termofixos.

    Desde aquela época, o evento também conquistou maior adesão dos fabricantes de ferramentais para a indústria de fundição de ferrosos e não-ferrosos, como ferramentais para estamparia, forjaria e para conformação de tubos e perfis, abrangendo também maior número de fabricantes de máquinas, de ferramentas de corte, de aços e de dispositivos e acessórios para inspeção, medição, montagem e rebitagem, entre outros fabricantes de equipamentos industriais.


    Página 1 de 212

    Compartilhe esta página







      0 Comentários


      Seja o primeiro a comentar!


      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *